Visita à redação e à gráfica do D.C.

Um prédio na parte continental de Florianópolis é onde trabalha boa parte dos funcionários do jornal mais lido de Santa Catarina, o Diário Catarinense (D.C.). Semana passada, acadêmicos do curso, com a supervisão da professora Jane Cardozo, visitaram a redação do D.C. O prédio também sedia o Hora de Santa Catarina, jornal popular do Grupo RBS com circulação na capital e cidades próximas. Em seguida, o pessoal foi conhecer a gráfica do D.C., também em Florianópolis.

Uma rampa em espiral interliga os andares do prédio onde fica a redação. Os primeiros pisos são para setores do comercial e do administrativo, como Recursos Humanos, Classificados e Telemarketing. Subindo mais a rampa chega-se à redação. Cada editoria é dividida em salas. Os jornalistas ficam expostos por divisórias de vidro. É possível ver a correria que é trabalhar em um jornal diário.

O editor chefe do D.C., Nilson Vargas, recebeu os acadêmicos. O editor falou sobre a estrutura do jornal e criticou a arquitetura do prédio, com as editorias isoladas em salas e em andares diferentes, o que prejudica a comunicação interna. A conversa também girou em torno da utilização de novas tecnologias na produção das matérias. Nilson contou que atualmente o jornal passa por uma transição. A ideia é que cada repórter cubra os acontecimentos tanto para o jornal impresso, quanto para o on-line. “A produção não é mais voltada ao dia seguinte, ela é a todo momento”, comenta. Com a instantaneidade das informações, o papel do jornal impresso é de aprofundar as matérias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s