Um desejo: ser jornalista

A relação dela com o jornalismo começou aos 11 anos. Adorava conversar com estranhos e, do bate-papo, aproveitava as informações para escrever textos sobre eles. Em 2010, Gabriela Câmara Florêncio apostou no sonho de ser jornalista e ingressou no curso de Jornalismo da Univali.

Da curiosidade de saber como vivem às pessoas que ficam à margem da sociedade, alimentou o desejo de valorizar suas histórias. Ao longo da graduação se aproximou da fotografia e passou a manifestar seu amor pelo cliques da câmera.

Gabriela

Em 2013, chegou o momento do TCC e Gabriela optou por produzir um livro fotográfico sobre a Penitenciária Industrial de Joinville. O trabalho, intitulado “Atrás do Muro: vozes que a muralha não cala”, mescla a curiosidade de entrar numa cadeia, com a vontade de contribuir para a transformação desse sistema por meio da fotografia. “Elaborei um livro contando a história dos presos e o processo de ressocialização, através de fotos e perfis jornalísticos, Encarei, desde o projeto até o produto final, como um desafio”, ressalta a acadêmica.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s